Blog

Tecnologia para gestão de dados agronômicos transforma a condução de ensaios a campo

Novos projetos agrícolas são beneficiados por aplicativo que faz a administração total de lançamento e análise, padronizando e levando informações mais precisas aos clientes

A tomada de decisão é um exercício permanente feito pelo produtor rural e também por empresas do agronegócio e, na era do Big Data que estamos vivenciando, ter informação de forma ágil e integrada contribui com bons resultados no final de cada safra. Na condução de campos experimentais, esse processo tecnológico também já se tornou essencial e contribui para mais oportunidades de crescimento dos negócios.

Foi com esse objetivo que a AMVAC do Brasil, que atua em soluções de performance, produção e proteção de culturas, buscou no mercado uma empresa que pudesse oferecer uma ferramenta digital completa. A ideia era ter a tecnologia como aliada no trabalho desenvolvido em campos experimentais, necessidade que foi suprida pela ferramenta da AgTech Sima - Sistema Integrado de Monitoramento Agrícola.

Com a parceria, as informações geradas nas áreas de pesquisa ganharam outro cenário, o da agricultura digital. Antes de chegar à Sima, todos os dados coletados eram inseridos no Excel e depois precisavam ser apresentados em Powerpoint pelos profissionais da empresa, o que não facilitava em nada a padronização das informações, o compartilhamento dos resultados entre equipes e o controle do que havia sido feito no campo.

O agrônomo Rafael Gomes de Azevedo, P&D/coordenador de desenvolvimento de mercado, explica que todo o trabalho ficou mais dinâmico. “A qualquer momento posso acessar as áreas e acompanhar as atividades. Antes podíamos criar mais tipos de avaliações e agora temos menos, porém, padronizadas e mais eficientes, menos é mais”, destaca.

Como funciona

A ferramenta Sima funciona de forma muito simples, tanto para empresas do setor agropecuário como para o produtor rural. Através de um aplicativo o usuário tem o controle total da lavoura de forma remota, pode fazer imagens, gravar áudios ou anotações off-line para gerar tabelas, gráficos, mapas interativos e compartilhar relatórios. Além disso, todas as informações ficam armazenadas e disponíveis para consulta a qualquer hora e local.

Um dos diferenciais da ferramenta que tem contribuído com o trabalho da AMVAC é a possibilidade de acessar imagens NDVI, sigla de Índice de Vegetação da Diferença Normalizada. Esse tipo de imagem consegue analisar a condição real de uma lavoura ou de uma área experimental. “Então com as imagens que o sistema da Sima disponibiliza, podemos avaliar as melhorias que precisam ser feitas em cada ponto, isso colabora com o aperfeiçoamento da nossa solução”, comenta o coordenador.

Histórico de dados

Também utilizado em áreas de lado a lado e programas de geração de demandas, o sistema da Sima ainda proporciona a construção de um banco de dados. “Muitas vezes, os dados coletados são utilizados apenas em uma safra porque estão sendo lançados no Excel e fica quase impossível ter uma integração e acompanhamento com demais integrantes e equipes. Com a plataforma, é feita a gestão e unificação das informações em único banco de dados, além de construir e manter o histórico das safras para o acompanhamento do que já aconteceu”, ressalta Rafael Malacco, gerente de desenvolvimento de mercado da Sima.

Sobre - A Sima é uma AgTech que surgiu em 2013 na Argentina com o objetivo de oferecer aos produtores uma plataforma simples, completa e inteligente para monitoramento, controle e análise de dados. Hoje, a empresa está presente em 8 países da América Latina e possui mais de 4 milhões de hectares monitorados. Mais informações em: www.sima.ag/pt.




Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon