top of page

Sala de Imprensa

Tecnologia 100% ecológica controla mato de via pública sem uso de herbicidas

Prefeitura de Palmares Paulista, no interior de São Paulo, passou a utilizar a capina elétrica da multinacional Zasso™, que é altamente eficiente e não utiliza produtos químicos, o que evita a contaminação do lençol freático e contribui ainda para uma cidade mais limpa e ambientalmente correta


Com pouco mais de 13 mil habitantes, a cidade de Palmares Paulista, localizada na região noroeste do estado de São Paulo, é referência na região na adoção de tecnologias. A mais recente inovação implementada no município foi pensada principalmente com foco no meio ambiente. A prefeitura iniciou o combate ao mato das vias públicas, de maneira a fugir dos tradicionais químicos, proibidos de utilização na cidade, e buscou uma solução inovadora, a capina elétrica desenvolvida pela multinacional Zasso™. Embora a empresa hoje tenha sede na Suíça, ela é pioneira no setor, e começou sua operação no Brasil no interior Paulista.


A ferramenta, batizada de Thor, que realiza as operações respeitando as restrições e regulamentações dos órgãos governamentais como a Anvisa, tem despertado a curiosidade dos munícipes. Esta é uma tecnologia 100% sustentável e ecológica que consiste em combater as plantas daninhas pelo método de choque. Segundo o vice-prefeito de Palmares Paulista, Ariovaldo Michelan, eles tomaram conhecimento da solução no final de 2021, e ficaram surpresos com a tecnologia usada e logo fizeram uma primeira aplicação no início de 2022, em uma área que era mais complicada na cidade. “Com o excelente resultado, realizamos uma licitação para garantir o equipamento em 2022/2023”, disse. O trabalho é realizado pelas empresas Eco Gestão Integrada e Agro PL.


Ainda segundo o vice-prefeito, o que mais chamou a atenção no equipamento foi sua tecnologia embarcada capaz de eliminar o mato, com descarga elétrica que o atinge até a raiz. Dessa forma, demora muito mais tempo para que essas plantas voltem a crescer. “Além disso, o principal ganho é evitar o uso de produtos químicos que podem causar contaminação no lençol freático. Com a capina elétrica, além de proteger o meio ambiente, geramos economia, pois a cidade fica limpa por mais tempo”, diz.


O custo benefício, de acordo com Michelan, tem sido excelente, pois de início é necessário fazer 3 a 4 vezes por ano a aplicação, mas com o tempo, por atingir diretamente as raízes do mato ele vai ficando mais difícil de nascer e isso se reduz para 2 ou 3 vezes. “Estamos felizes com os resultados analisados e sim, claro, iremos continuar a usar o equipamento sempre ampliando a cobertura das áreas”, reforça.


Conheça a tecnologia


A capina elétrica da Zasso™ lança correntes de energia sobre as ervas daninhas e as queimam de dentro para fora. Uma vez que a eletricidade está na planta, a corrente elétrica se move para as raízes e aquece-a, fervendo e matando. A tecnologia requer um trator de pelo menos 85 cavalos de potência para gerar energia suficiente através da tomada de força e desenvolver a tensão necessária que vai controlar as ervas daninhas.


Zasso Group AG - É uma empresa sediada na Suíça, que tem como missão fornecer tecnologias seguras, eficientes, viáveis e necessárias para um mundo livre de herbicidas. A companhia remodelou o paradigma mundial de capina. Originalmente desenvolvida no Brasil, a tecnologia patenteada é sistêmica, controlando os sistemas aéreos e radiculares das plantas. Possui escritórios em Zug (Suíça), Indaiatuba (Brasil), Aachen (Alemanha) e Paris (França). Mais informações podem ser encontradas no site corporativo: www.zasso.com ou pelo telefone (19) 97152-0620.






Comments


Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page