top of page

Sala de Imprensa

Setor de bioenergia ganha eficiência com aplicação da geotecnologia

Para a 29ª Fenasucro & Agrocana que acontecerá de 15 a 18 de agosto de 2023, em Sertãozinho/SP, GAtec terá como destaque soluções focadas na gestão agroindustrial que auxiliam os gestores na simplificação do processo produtivo para a tomada de decisões mais rápidas, inteligentes e seguras


A matriz energética brasileira tem inovado e se reinventado nos últimos anos, oferecendo soluções como biogás, biometano e etanol de cana-de-açúcar e de milho. Diante desse enorme potencial, a 29ª Fenasucro & Agrocana - Feira Internacional da Bioenergia chega para mostrar o que há de novidade neste mercado. O evento acontece de 15 a 18 de agosto de 2023, em Sertãozinho/SP, reunindo diversas empresas e profissionais.

Entre os destaques na feira deste ano, estarão as tecnologias da GAtec, soluções que tem como base a geotecnologia. Este novo passo adiante dos mapas, cada vez mais presentes na gestão agroindustrial, auxilia os gestores na simplificação do processo produtivo para a tomada de decisões mais rápidas, inteligentes e seguras. Uma das ferramentas é o MAPFY Shield Geoprotection, para o manejo inteligente, integrado e sustentável de ameaças que é totalmente isenta de viés comercial no que diz respeito a produtos químicos e biológicos, visando sempre à eficiência operacional e a redução de custos.

Segundo Fernando Bortolazzo, sócio fundador e CTO da GAtec, a plataforma inteligente conta com o geoprocessamento e a inteligência artificial desde o planejamento, monitoramento e controle, com isso, otimiza toda a operação. “A tecnologia se destaca por abranger todas as etapas do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP), além de permitir a criação de um banco de dados rico em informações e a realização de estudos técnicos e econômicos com base em índices de perdas e efetividade dos controles”, destaca.

Outra solução com foco na geotecnologia que poderá ser conferida pelos visitantes do evento é o MAPFY SOIL, plataforma de mapeamento digital para melhorar o processo de fertilidade do solo, e que chega para otimizar o levantamento dessas informações e o detalhamento dos mapas. Esta, tem como base a combinação das análises de solo com imagens de satélite, dados de relevo, clima e temperatura das áreas. Tudo isso alimenta um grande banco de dados que conta com modelos matemáticos de inteligência artificial para otimizar a coleta e análise de amostras de solo, bem como melhorar a recomendação da adubação.

Desta forma, o produtor terá acesso a informações mais detalhadas sobre os solos de sua propriedade de maneira rápida, sendo possível adequar a gestão agrícola no nível de detalhe desejado. “A ideia é unir técnicas de machine learning com as atuais para reduzir o número de coletas de amostragem no campo, otimizando o tempo da equipe e ao mesmo tempo baixar os custos de análises em laboratório, entregando mapas detalhados e mais realistas”, afirma o especialista.

Mais destaques

Outra novidade a ser apresentada será o MAPFY SAT. A ferramenta consiste na utilização e combinação de imagens de satélites e dados para análises especiais e automatizadas das áreas monitoradas. A solução realiza o tratamento para análise de biomassa e diversos outros índices e informações, para identificar se dentro do talhão ou da fazenda a cultura plantada está se desenvolvendo uniformemente. O acompanhamento pode ser feito via NDVI - sigla para Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (Normalized Difference Vegetation Index – do inglês).

Além disso, por meio do machine learning, há também o detector de ervas daninhas e anomalias em geral. “Se tem algo muito além do padrão ou fora da média daquela região ou talhão pode ser um indicativo de um problema. Então é gerado ao responsável pela área, um alerta de que algo está ocorrendo, indicando uma vistoria no local”, diz o especialista.

A ferramenta fornece ainda, com base nos históricos de informações daquela determinada área, uma projeção de produtividade. O algoritmo consegue mencionar quanto cada talhão vai produzir baseado nesse conhecimento histórico de dados e imagens.

Completa a plataforma de inovações o MAPFY WAY – Rotas no campo, um aplicativo também da GAtec para dispositivos móveis, baseado na navegação por GPS e que contém informações de usuários e detalhes sobre trajetos rurais. Diferentemente de outros apps de navegação que utilizam mapas públicos, a ferramenta mapeia a malha viária das próprias fazendas, gerando as melhores rotas de deslocamento.

Um grande diferencial da solução é que ela pode trabalhar de forma off-line com os mapas exclusivos do cliente. “Obtemos o mapa da propriedade e aplicamos em um algoritmo que faz o mapeamento de todas as vias e áreas no local indicando rotas de carro, caminhão ou máquinas pesadas. Após isso, é enviada uma versão do mapa próprio para aplicativos mobile e os usuários podem visualizar as rotas como aquele layout que estamos acostumados para navegação na cidade” finaliza o diretor.

O evento

A Fenasucro & Agrocana se consolidou como principal evento de bioenergia do Brasil. Com o objetivo de antecipar as tendências, apresentando inovações para sua comunidade de mais de 400 mil profissionais do mercado, o evento cresce a cada ano. Somente em suas últimas três edições recebeu mais de 125 mil profissionais e gerou mais de R$ 15 bilhões em negócios.

Segundo Bortolazzo, as expectativas da GAtec em relação ao evento deste ano são as melhores possíveis. “Iremos apresentar novas soluções e toda evolução das plataformas realizadas junto com os clientes e parceiros. Visite nosso estande e converse com os nossos consultores. Estaremos à disposição para agendamento de visitas aos clientes para mostrar essas poderosas ferramentas tecnológicas”, finaliza.

Sobre - A GAtec S/A Gestão Agroindustrial está sediada em Piracicaba, no interior paulista, oferecendo aos clientes consultoria, treinamento, desenvolvimento e integração de sistemas de gestão para o agronegócio, como softwares agrícolas. Composta por profissionais com mais de 40 anos de experiência em planejamento e controle agroindustrial, a empresa conta também com filiais em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Ribeirão Preto/SP, Sul de Minas, região do MAPITOBA, Goiás e Pará. Além disso, está presente em 14 países com mais de 320 clientes e 9 milhões de hectares plantados. Sua atuação contempla todas as culturas do agronegócio, além da pecuária. Mais informações em www.gatec.com.br.





Comments


Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page