top of page

Sala de Imprensa

Seguro de máquinas gera tranquilidade e até lucro aos produtores

A Aegro oferece aos clientes coberturas que vão desde equipamentos até a proteção da lavoura, automóveis, vidas e propriedades rurais


Os produtores rurais brasileiros deram início à safra 2022/23, a qual promete ter grandes números. Segundo o 1º Levantamento da Safra de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a colheita deve ser recorde, com 312,4 milhões de toneladas. Para que essa projeção se confirme é fundamental ser altamente eficiente da porteira para dentro e, para isso, é preciso que máquinas e equipamentos estejam em pleno funcionamento.


A fim de minimizar a possibilidade de prejuízos no plantio ou na colheita, uma das alternativas para os agricultores é o seguro de suas máquinas. Para acessibilizar cada vez mais essa modalidade de proteção, a Aegro, que foi criada por um time de engenheiros da computação, se dedica oferecendo de forma descomplicada opções de proteção às fazendas. Seu foco é levar os melhores produtos de seguros do mercado, em termos de preço e cobertura, para seus clientes.


A empresa, sediada em Porto Alegre/RS, atua como corretora, ajudando e orientando a classe produtora não somente de sua base de clientes, mas de todo o Brasil, sobre o quanto é fundamental o seguro de máquinas. “Apesar de os tratores, colheitadeiras, plantadeiras, distribuidores e outros implementos serem ativos de grande valor, muitas vezes o agricultor não se atenta à importância da proteção destes bens, como já faz com automóveis, por exemplo. Nós queremos e estamos mudando esse cenário”, diz Juliana Ferreira Dana, gerente de seguros da Aegro.


Com a contratação do seguro, o produtor fica protegido, por exemplo, de prejuízos com acidentes, incêndio, queda de raio, explosão, roubo ou furto qualificado total. Há também a possibilidade de proteção de danos materiais decorrentes de acidentes de quaisquer causas externas, como em caso de problemas com veículo transportador. “A fazenda é uma fábrica a céu aberto e diariamente as máquinas estão expostas a todos esses tipos de risco que podem comprometer o planejamento de toda a safra”, destaca a especialista.


Existe ainda a opção de contratação de outras coberturas, que também têm grande importância. Entre elas: proteção contra quebra de vidro da cabine, acidente com terceiros ou pagamento de diárias que deixaram de receber em caso de máquinas alugadas. Também pode ser feita a proteção para acidentes com operador ou danos elétricos.


Mitos


Por muitas vezes, ao compararem essa modalidade de proteção de máquinas com a de veículos, os produtores rurais têm a falsa impressão que o seguro para estes equipamentos é algo caro. Entretanto, pode ser mais viável do que se imagina. “Além de viável economicamente falando, a contratação é simples e rápida e pode ser muitas vezes realizada de forma digital”, reforça a gerente.


Quando a máquina é nova ou em caso de renovação de seguro, por exemplo, a seguradora pode liberar o cliente de vistoria. Além disso, boa parte das empresas faz essa análise de forma online, por meio de aplicativo ou envio de fotos ou vídeos. “Em casos específicos, enviam o vistoriador até o local, mas a ideia é sempre desburocratizar todo o processo”, destaca Juliana.


Análise rápida de perfil


Para traçar o perfil do cliente e fazer o cálculo do seguro da máquina, a Aegro também utiliza ferramentas digitais que facilitam o processo. Para a cotação, são necessários dados básicos da máquina e sua utilização. “São dados simples, coletados rapidamente e que compõem a proposta e o valor final do seguro”, afirma a gerente.

Para disponibilizar essa modalidade de proteção para ainda mais propriedades rurais, a Aegro tem buscado junto às seguradoras parceiras a ampliação na cobertura do limite do tempo de uso das máquinas. Em alguns casos, a cobertura já pode chegar a até 20 anos. “Queremos que mais produtores que tenham maquinários mais antigos possam ser protegidos também”, adiantou a profissional.


Quem cuida, ganha


Além do seguro ser uma solução efetivamente de proteção aos ativos da fazenda, a ferramenta ainda pode render ganhos indiretos aos produtores. Isso porque, principalmente nos dois últimos anos, observa-se um fenômeno de supervalorização do maquinário usado. Segundo a especialista da Aegro, há relatos de clientes que revendem máquinas com mais de cinco anos de uso por um valor maior do que adquiriram.


Ela explica que além de realizar todas as manutenções no prazo, conforme manda o manual do fabricante, ter o seguro dos mesmos ajudou a valorizar ainda mais o bem. “Com a máquina em ótimas condições, o produtor ainda pode obter ganho desembolsando menos dinheiro na compra de uma mais moderna, por exemplo. Ou seja, quem cuida bem desses ativos, consegue uma valorização muito maior ao longo do tempo e o mercado provou isso”, disse a profissional.


Mais soluções ao produtor


Com mais de seis mil usuários ativos, a Aegro une os recursos certos para apoiar o negócio rural de ponta a ponta, simplificando o dia a dia de quem produz. A empresa, que já está presente em todo o Brasil atendendo mais de 4.700 fazendas, que juntas somam mais de dois milhões de hectares, tem em seu portfólio soluções que vão desde seguro até software de gestão rural e crédito sem burocracia.


Além da proteção de máquinas, a empresa oferece ainda a modalidade de seguro agrícola, o qual é a garantia dos investimentos no campo, caso adversidades climáticas prejudiquem a lavoura. Há ainda o Seguro Automóveis, o Seguro de Vida e o Seguro Propriedade Rural. “Com isso, o produtor tem garantia de proteção das moradias, benfeitorias e instalações essenciais para o andamento das atividades agrícolas”, finaliza Juliana.


Sobre a Aegro


A Aegro foi fundada em 2014 pelos engenheiros da computação Francisco de Borja, Paulo Silvestrin, Pedro Dusso e Thomas Rodrigues, com apoio de produtores e agrônomos. Sua missão é entregar as ferramentas certas nas mãos de quem produz para ajudar a agricultura a evoluir. A empresa conta hoje com mais de 100 colaboradores e está sediada em Porto Alegre/RS.





Comments


Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page