Blog

Safra atual e próxima, manejo e resultados de pesquisa serão debatidos no Encontro Técnico Algodão

O evento da Fundação MT, que tem como objetivo disseminar informações, acontecerá de 29 a 31 de agosto e está com inscrições abertas


O XIV Encontro Técnico Algodão da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso (Fundação MT) já tem data marcada. O evento, que reúne cotonicultores, consultores e técnicos junto a pesquisadores e especialistas convidados, vai acontecer de 29 a 31 de agosto, no hotel Gran Odara, em Cuiabá/MT. Serão três dias de programação com o objetivo de debater aspectos da última safra e prover informação técnica imparcial e confiável para o planejamento da próxima.


O Encontro Técnico Algodão volta ao formato presencial nesta edição, mas também será online. As inscrições para os dois formatos já podem ser feitas através do site da instituição, no www.fundacaomt.com.br. Ainda na página, é possível conferir a programação que terá oito painéis. A abertura, no início da tarde do dia 29, será com o tema ‘Desafios da cultura do algodão e tendências para o futuro’, com a participação do presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Júlio Buzatto, do produtor rural, Alexandre Bottan, e moderação da jornalista Renata Maron, do Canal Terraviva.


O ‘Cenário de pragas na cultura do algodão na safra 21/22 e uso de biotecnologias para controle de lepidópteros’ é o segundo painel, com participação de Guilherme Ohl, da Ceres Consultoria, empresas convidadas e moderação da pesquisadora da Fundação MT, Mariana Ortega. O terceiro painel será baseado em relatos sobre a safra 21/22, com a participação de profissionais que atuam na cultura em diferentes regiões do Estado e da Bahia, com a moderação do profissional Marcio Souza do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt). Já o professor doutor da Esalq/USP, Ederaldo Chiavegatto, vai contribuir com o tema ‘Impactos dos estresses ambientais na safra 21/22’, no painel 4.


Na sequência, o painel 5 traz ‘Manejo de plantas daninhas na cultura do algodão’ e o painel 6 ‘Manejo de doenças na cultura do algodão’, com participações do IMAmr, Embrapa Algodão e Embrapa Sinop. No último dia de evento, dois painéis fecham a programação: ‘Desafios de cultivo de algodão em solos arenosos nas principais regiões produtoras’ e ‘Aphelenchoides Bessey e Rotylenchulus Reniformis - grandes desafios na cultura do algodão’.


Serviços


Assim como no Encontro Técnico Soja, realizado em abril, os participantes poderão conhecer os serviços oferecidos pelos laboratórios de Entomologia, Fitopatologia e Nematologia da Fundação MT. As equipes da instituição ainda vão mostrar como funciona o trabalho de consultoria agronômica, com amostragem de solos, planejamento das culturas, recomendação de fertilizantes e corretivos, manejo fitossanitário, o posicionamento de variedades, acompanhamento dos campos, entre outros.


Luís Carlos Oliveira, gerente de marketing da Fundação MT, destaca que o Encontro Técnico é uma oportunidade para todos os profissionais que atuam na cultura do algodão adquirirem mais conhecimento e ainda fortalecerem relacionamentos. É ainda “um excelente momento para projetar novos caminhos para a cotonicultura”, completa. Para dúvidas sobre inscrições ou sobre o evento, está disponível o WhatsApp (66) 9 9995-7814.


Fundação MT: Criada em 1993, a instituição tem um importante papel no desenvolvimento da agricultura, servindo de suporte ao meio agrícola na missão de prover informação técnica, imparcial e confiável que oriente a tomada de decisão do produtor. A sede está situada em Rondonópolis-MT, contando com três laboratórios e casas de vegetação, seis Centros de Aprendizagem e Difusão (CAD) distribuídos pelo Estado nos municípios de Sapezal, Sorriso, Nova Mutum, Itiquira, Primavera do Leste e Serra da Petrovina em Pedra Preta. Para mais informações acesse www.fundacaomt.com.br.




Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon