top of page

Sala de Imprensa

Manutenção preventiva dos pivôs é a segurança contra imprevistos durante a safra

Além das revisões semestrais, Lindsay disponibiliza a classe produtora o Retrofit, processo de modernização dos equipamentos de irrigação antigos da fazenda com tecnologias mais modernas para o gerenciamento remoto


Precisão e eficiência nas operações são certamente os dois objetivos mais almejados pelos produtores que buscam ao fim da safra conciliar produtividade e lucratividade. Mas, para atingir esse objetivo é necessário muito planejamento e uma gestão muito apurada, afinal, qualquer imprevisto entre o plantio e a colheita pode pôr tudo a perder. Quando o assunto é a manutenção dos equipamentos, essa atenção precisa ser redobrada, afinal eles serão muito exigidos e expostos a longas horas de trabalho nas mais adversas condições climáticas.


Para reduzir ao máximo esse risco, principalmente quando o assunto é irrigação, já que as plantas não podem correr o risco de passar por situações de estresse hídrico, a revisão preventiva dos pivôs é fundamental para garantir alta performance. Além disso, antecipar possíveis imprevistos trará muito mais economia do que a manutenção corretiva.


O ideal é programar a manutenção dos equipamentos antes da safra começar. De acordo com o engenheiro agrônomo, Rodrigo Bernardi, especialista em produtos na Lindsay América Latina, empresa representada pelas marcas Zimmatic™ e FieldNET™, a orientação aos irrigantes é seguir sempre as recomendações do fabricante de seu equipamento. “Nós, por exemplo, temos um manual com as revisões necessárias semestrais, assim garantimos o perfeito funcionamento da tecnologia dos pivôs Zimmatic”, destaca.


Como o pivô é equipamento que trabalha muitas vezes em terrenos irregulares, os cuidados precisam se estender também às estruturas metálicas conferindo também se o alinhamento está correto. Outro ponto de atenção é em relação às mangueiras, tubulações e aspersores e principalmente atenção aos componentes elétricos. “Como a energia instável é um problema sério em diversas regiões do Brasil, pode haver casos de sobrecarga, isso pode danificar componentes do pivô e comprometer seu funcionamento”, detalhou Bernardi.


Ainda segundo o especialista, também é imprescindível se atentar às trocas periódicas de óleo dos redutores de roda e motorredutores, além de checar toda a lubrificação do equipamento. “A recomendação é que as revisões sejam feitas a cada seis meses. Falando exclusivamente da troca de óleo, o ideal é a substituição a cada quatro mil horas ou até dois anos”, reforça o engenheiro agrônomo.


Modernização dos equipamentos


Tão importante quanto estar com as manutenções em dia é poder utilizar as tecnologias mais modernas para tornar a irrigação mais eficiente e sustentável, garantindo às plantas as quantidades necessárias de água no momento certo. Para os agricultores que possuem equipamentos de irrigação mais antigos e desejam melhorar sua performance, tornando-os mais eficientes e sustentáveis, além das habituais manutenções, a Lindsay oferece também a opção de retrofit. O procedimento consiste na modernização e atualização dos pivôs usados, seja para troca dos painéis de controle (passagem de painéis analógicos para digital) ou substituição de componentes. Uma alternativa rentável que pode gerar economia de até 70% em relação a compra de um novo.


Com os painéis digitais os produtores podem ter acesso, por exemplo, às tecnologias do FieldNET by Lindsay que gerencia o pivô, liga e desliga e registra todas as operações e integra sensores, como o pluviômetro, que se encontra instalado.  Ele pode ser ligado à internet por Ethernet ou ainda via rádio. Já o FieldNET Advisor faz o gerenciamento do armazenamento de água no solo e a recomendação de irrigação, o chamado manejo.  


“Ter à disposição a tecnologia mais avançada do mercado mesmo em um equipamento mais antigo ou de outra marca com certeza é muito mais vantajoso, pois além de maior comodidade ele terá mais eficiência e sustentabilidade com o uso racional da água. Nossa tecnologia também ajuda o produtor a monitorar o seu equipamento, através de relatórios e históricos de uso possibilitando a ele fazer análises de desempenho bem como a antecipação de manutenções”, finaliza Bernardi.


Sobre - A Lindsay América do Sul é o escritório local da americana Lindsay Corporation., com escritório em Campinas (SP) e fábrica em Mogi Mirim (SP) - Brasil. A empresa produz uma linha completa de sistemas de irrigação, representada pelas marcas Zimmatic™ e FieldNET™. Com sistemas de irrigação operando em mais de 90 países, a Lindsay atua na fabricação e distribuição de pivôs centrais, laterais e soluções de tecnologia de irrigação há mais de cinco décadas, e tem sede global em Omaha, no estado do Nebraska, EUA. www.lindsay.com.br.





Comments


Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page