top of page

Sala de Imprensa

Mais do que nunca, pecuarista precisa ser eficiente

Com o intuito de munir o produtor com informações que o ajudem no cenário atual, a Fundação MT realiza no próximo dia 23 de setembro o 2º Encontro Técnico Pecuária de Corte. As inscrições são gratuitas e estão abertas


O cenário atual da pecuária brasileira tem se tornado um verdadeiro desafio. O preço da arroba caiu significativamente em 2023, muito em função do ciclo do período (conhecido como ciclo pecuário), e os valores estão próximos aos patamares de 2019 e 2020, comercializada atualmente com média Brasil de R$ 200,00@ e a de Mato Grosso, R$ 173,00@. Por outro lado, os custos já não diminuíram no mesmo patamar. Com isso, o pecuarista precisa ser mais eficiente em seu sistema de produção para não ficar no vermelho e amargar prejuízos. Para auxiliar nessa tomada de decisão e planejamento, a Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso (Fundação MT) realiza no próximo dia 23 de setembro, em Rondonópolis-MT, no Parque de Exposições da cidade, o 2º Encontro Técnico Pecuária de Corte.

Segundo o doutor em zootecnia, Thiago Trento, pesquisador de Pecuária de Corte da instituição, o produtor precisa ter conhecimento de como melhor fazer a gestão do pasto, fazer contas e planejamento, saber quando é melhor comprar e vender bezerro, e outras operações fundamentais para a atividade. “Este evento é exatamente para muni-lo do máximo de informações sobre o mercado, manejo, suplementação, sustentabilidade e outros assuntos, que são peças-chave para alcançar a eficiência que ele precisa ter para lucrar mesmo em momento de baixa no valor da arroba”, diz.

Programação

O encontro começa cedo, às 07h com credenciamento e às 07h30 com o primeiro painel, “Mercado bovino em Mato Grosso: desafios e oportunidades”, apresentado por Cleiton Gauer, do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), e terá como debatedores os pecuaristas Marco Tulio Soares e Arlindo Vilela. O segundo painel, “As pastagens degradadas serão ocupadas pela agricultura ou a pecuária pode intensificar de maneira eficiente?”, será com o doutor e diretor executivo da Gesta’Up, Welton Cabral, e o debate conduzido pelos pecuaristas Thiago Fabris e Marcos Jacinto.

Já o terceiro painel abordará “Fatores nutricionais e não nutricionais que podem impactar o custo da arroba produzida na recria e engorda”, com Rafael Cervieri da Nutribeef e será moderado pelo pecuarista Amarildo Merotti e a Dra. Carla Heloisa Cabral, da Universidade Federal de Rondonópolis. O quarto painel, “O papel da pesquisa na sustentabilidade do agronegócio brasileiro”, será com o Head de Pesquisa da Fundação MT, Bruno De Conti.

O quinto e último painel, “Como intensificar a produção animal a pasto de maneira eficiente, econômica e sustentável”, será com Bruno Andrade do IMAC - Instituto Mato-Grossense da Carne; Nilton Mesquita, da Acrimat - Associação dos Criadores de Mato Grosso e o pesquisador e doutor da Fundação MT, Thiago Trento. Para finalizar o evento, os pecuaristas Amarildo Merotti, Ricardo Carvalho e Thiago Fabris farão relatos de suas atividades e como o projeto “Pasto Forte” contribuiu para alcançar uma maior lucratividade e rentabilidade na mesma área e com sustentabilidade. Em seguida, haverá almoço no local.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em www.fundacaomt.com.br. O encontro conta com o apoio da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) e patrocínio da Agroceres, Ihara, Imac, Milagro Sementes Forrageiras, Sicredi e Toyobo do Brasil.

Fundação MT: Criada em 1993, a instituição tem um importante papel no desenvolvimento da agricultura, servindo de suporte ao meio agrícola na missão de prover informação técnica, imparcial e confiável que oriente a tomada de decisão do produtor. A sede está situada em Rondonópolis-MT, contando com três laboratórios e casas de vegetação, seis Centros de Aprendizagem e Difusão (CAD) distribuídos pelo Estado nos municípios de Sapezal, Sorriso, Nova Mutum, Itiquira, Primavera do Leste com ponto de apoio em Campo Verde e Serra da Petrovina, em Pedra Preta. Para mais informações acesse www.fundacaomt.com.br e baixe o aplicativo da instituição.




Comments


Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page