top of page

Sala de Imprensa

Implemento ajuda produtor a manter a performance dos bioinsumos até a aplicação

Para garantir a qualidade e eficiência dos produtos biológicos desde a fabricação na fazenda até a chegada nas lavouras, agricultor paranaense apostou no Bio Calda, equipamento desenvolvido pela Mepel que oferece homogeneização e controle térmico durante o armazenamento e transporte


A classe produtora tem se esforçado toda safra para conciliar safra farta com sustentabilidade. O desafio não é fácil, afinal, é necessário cada vez mais melhorar a produtividade, portanto, a busca por novas soluções e inovações é tarefa constante. Entre as alternativas que mais crescem no mercado neste sentido são os produtos biológicos, importantes aliados principalmente na redução do uso de químicos nas lavouras.

Entre aqueles que já adotaram o manejo biológico está Robert Reinhofer, sócio administrador do grupo Reinhofer, composto por cinco fazendas localizadas no Paraná, nos municípios de Guarapuava, Pinhão e Reserva do Iguaçu. Atualmente o grupo possui 8 mil hectares de área estática de cultivo. No inverno plantam cevada e trigo, e no verão soja, milho e feijão safrinha.

Segundo o agricultor, a família sempre se preocupou com a produção sustentável. Em 2020 montaram, em uma das propriedades, uma biofábrica e buscaram parcerias com empresas do segmento que forneciam as cepas para o processo de desenvolvimento OnFarm, ou seja, “dentro da própria fazenda”. O objetivo era achar alternativas para diminuir o manejo com químico nas lavouras. “Começamos aos poucos, aprendendo a técnica e depois fomos ampliando. Hoje já conseguimos manejá-los de forma isolada e também produzir o TMT, produto bioativado com microrganismos encontrados nos solos das nossas próprias áreas”, destacou.

Com a manipulação das bactérias mais apurada, o próximo desafio passou a ser garantir que a qualidade e eficiência dos bioinsumos chegasse até as lavouras. “Em uma das conversas com o Jardel Perin, o representante da Mepel, empresa que nos atende desde 2011, comentamos sobre os trabalhos que estávamos desenvolvendo utilizando os biológicos, e então eles nos disponibilizaram o BioCalda para testarmos. Desde então utilizamos o equipamento e estamos bem satisfeitos”, destaca Reinhofer.

Mais detalhes

O Bio Calda é um implemento completo, que faz a preparação de calda, agitação, homogeneização e abastecimento de pulverizadores, tanto na época do plantio, na inoculação de sulco, quanto na parte de pulverização com biodefensivos. Ele possui um termômetro digital e uma esfera com isolamento térmico, fabricada em polietileno resistente a intempéries e raios UV específica para produtos biológicos. É ideal para garantir a alta performance dessa categoria de produtos, afinal, são microrganismos vivos que precisam estar em ambientes aptos, livres de contaminações químicas e com temperatura controlada, para se manterem ativos por mais tempo.

De acordo com o produtor, antes de conhecerem o Bio Calda havia uma lacuna da biofábrica até as plantadeiras no campo, e esses produtos até então eram armazenados de forma improvisada em reservatório simples, o que dificultava o controle preciso de temperatura. “Com a tecnologia da Mepel acabou este problema, pois os biológicos chegam na lavoura com a mesma qualidade que saíram da biofábrica, como fazemos todo o monitoramento podemos garantir isso”, reforça.

Ainda segundo ele, outra questão importante é que com o produto biológico utiliza-se um volume muito maior em relação ao químico, ou seja, de 2 a 4 litros de cada cepa por hectare, e com o Biocalda esse processo ficou mais ágil. “Entre as vantagens eu gostei da capacidade de 5.000 litros do equipamento e também das mangueiras que têm conexões de engate rápido, deixando o processo mais prático”, detalha Reinhofer.

Detalhes técnicos

A Mepel disponibiliza o Bio Calda nos modelos com capacidades que vão de 3.500L até 10.000L. O equipamento possui motor diesel 7 CV com partida elétrica. As conexões são em polipropileno, promovendo boa resistência mecânica e ótima resistência a agentes químicos. Como o agro não para, os equipamentos possuem iluminação que possibilita também operações noturnas e mangueiras para abastecimento de 2” com 6 m de comprimento.

Mepel – A empresa nasceu em Estação-RS e atua desde 1966 produzindo implementos agrícolas e equipamentos rodoviários para os segmentos agrícola, pecuário, florestal, canavieiro, rodoviário e de construção. É uma referência nacional na fabricação de tanques distribuidores e equipamentos customizados, atuando em todo o território nacional através de uma rede com mais de 500 revendas.





Comentarios


Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page