Blog

Desalojante é nova ferramenta para o controle de pragas no milho


Kelps Kick-Out chega ao mercado pela Harvest Agro, dotado de alta tecnologia para ser utilizado nas misturas de pulverizações


A fim de auxiliar os produtores neste momento de plantio da safrinha de milho, a Harvest Agro, jovem empresa pertencente ao Grupo Wirstchat, lança o Kelps Kick-Out, um desalojante para ser utilizado em mistura com inseticidas nas pulverizações realizadas para o controle químico de pragas. Após sua aplicação na lavoura, o lançamento que foi desenvolvido com alta tecnologia, libera três tipos de gases que incomodam aos insetos, irritando-os, e promovendo a movimentação deles e consequentemente maior contato dessas pragas com o inseticida.

A solução chega como mais uma importante ferramenta já que ano após ano, as pragas causam grandes danos, resultando em enormes prejuízos ao agricultor. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), estima-se que 20% a 40% da produção agrícola mundial é perdida anualmente em consequência de pragas que atingem as plantações, valor esse que corresponde a aproximadamente 220 bilhões de dólares. No Brasil, a perda anual decorrente do ataque de insetos nas lavouras é estimada em 7,7%, quase 25 milhões de toneladas de produtos agrícolas e a perdas econômicas de 17,7 bilhões de dólares.

O engenheiro agrônomo, doutor em nutrição de plantas na Harvest Agro, Roberto Reis, cita como exemplo algumas dessas vilãs, as lagartas (Anticarsia gemmatallis, Spodoptera frugiperda, Elasmopalpus lignosellus e Chrysodeixis includens) que atacam não só o milho como também a soja. “Este é hoje um dos grandes desafios que os produtores têm, controlá-las usando várias estratégias para garantir uma boa safra”, destaca. Driblando as pragas

O doutor diz que o controle de pragas é crucial para a obtenção de altas e lucrativas produtividades, sendo a principal estratégia o Manejo Integrado de Pragas (MIP), que engloba o uso de defensivos agrícolas, resistência genética, controle biológico e manejo cultural.

Tradicionalmente o controle químico é a tática mais usada, o qual em algumas situações precisa contornar estratégias utilizadas pelas pragas para se proteger. “Por exemplo, o controle químico da lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda), considerada a principal inimiga do milho e uma das principais do país, muitas vezes é dificultado quando ela se encontra alojada (escondida) na região do cartucho das plantas dessa cultura, resultando em menores índices de eficiência de controle”, explica.

Por isso, faz-se necessária a utilização de produtos de efeito desalojante a fim de promover a movimentação delas (saindo do local que a protege – cartucho, por exemplo) e assim causando maior contato com os químicos aplicados. “O Kelps Kick-Out tem esse efeito e é, portanto, mais uma ferramenta disponível ao agricultor para garantir o adequado controle dos insetos, e favorecendo menores perdas agrícolas e mais produção”, aponta Reis.

Sobre – Integrante do Grupo Wirstchat, que tem mais de 12 anos de experiência no setor agro, desenvolvendo polímeros e aditivos para o aumento da eficiência de fertilizantes de solo e nutrição foliar, a Harvest Agro chega ao Brasil com foco exclusivo no desenvolvimento de tecnologia para aplicação de biológicos e nutrição das plantas. Com grande expertise e conhecimento na agricultura brasileira, a empresa tem fábrica em Olímpia\SP e atua junto aos produtores de todo o Brasil, oferecendo atendimento e soluções diferenciadas. Saiba mais em http://harvest.agr.br/site.



Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon