top of page

Sala de Imprensa

Contratação de frete rodoviário com segurança requer compliance

Ferramentas como as da brasileira goFlux, a primeira Logtech a obter a certificação internacional (ISO 27001), profissionalizam o processo de cotação, acabando com a informalidade, proporcionando maior transparência contra fraudes


A cotação e contratação de frete para o transporte de cargas pelo modal rodoviário é um processo desafiador, que demanda muita atenção por parte da empresa contratante. Isso porque no Brasil esse procedimento acontece, ainda muitas vezes, de forma amadora, ou seja, com negociações feitas via aplicativos de conversas instantâneas, por telefone ou e-mail, sem nenhum compliance e governança, o que pode expor o embarcador a inúmeros riscos, como fraudes por pessoas mal-intencionadas ou de índole duvidosa que visam algum favorecimento próprio.


Segundo Rodrigo Gonçalves, Co-Fundador e CEO da goFlux, logtech que desenvolve soluções de tecnologia, inteligência e produtos financeiros para o mercado de transporte rodoviário, o modo como é feito hoje, ainda por muitas empresas, deixa um espaço muito grande para propinas, por não ter inteligência envolvida no processo de escolha da transportadora. Além disso, limita as negociações. “No modelo atual, onde há inúmeras brechas, a contratação de frete acaba se tornando mais cara. Isso ocorre porque algumas empresas optam por ter um portfólio de fornecedores ‘cativos’ em nome do nível de serviço ou do menor esforço”, diz.


Quando isso ocorre, os fornecedores se acomodam e o contratante perde o poder de barganha de negociar em um modelo que incentiva a concorrência, pelas cargas e rotas. “Utilizando a plataforma da goFlux, para cotação, negociação e gestão de fretes rodoviário, o embarcador tem diversas modalidades de contratação. Por exemplo, ele pode lançar uma oferta de carga com preço definido, onde uma quantidade muito maior de transportadoras pode acessar e aceitar o frete definido pelo embarcador”, afirma o especialista.


Além disso, os embarcadores não correm o risco de contratarem fretes fora de conformidade, ou seja, que não estejam de acordo com as leis, regulamentos e diretrizes estabelecidas, todas as cargas são amparadas por um contrato de transporte, dando transparência e segurança para ambos. De acordo com Gonçalves, se observarmos o nível de compliance envolvido numa área de procurement, por exemplo, e compararmos com compra de frete, existe um caminho enorme a percorrer. “Numa área de compras nas médias e grandes empresas, não se adquire uma resma de papel que não seja suportada por um processo formal de cotação, negociação transparente, entre outros”, reforça.


Focada nessa questão, um dos produtos desenvolvidos e disponibilizados pela empresa é o goFlux View, que opera o mais completo big data de fretes do mercado e utiliza algoritmos que ajudam a predizer a variação do frete futuro, auxiliando o embarcador na definição do preço a ser contratado com base numa amostragem exponencial do mercado. “A nossa solução fornece uma plataforma segura, digital e transparente, onde há proteção para ambos, contratante e contratada, e pode-se auditar todo o processo sem perder a agilidade no mercado”, acrescenta o executivo.


Certificação única


Em um mundo cada vez mais conectado e digital, o acesso às informações se tornou mais rápido, porém, com tanta rapidez é preciso pensar na segurança destes dados. Com esse objetivo, a goFlux recentemente deu mais um importante passo. A empresa conquistou a ISO 27001, uma certificação internacional com foco na segurança das informações, sendo a primeira logtech do País com essa aprovação.


A certificação é uma referência internacional em Segurança da Informação ISMS (Information Security Management System), que possui um conjunto de requisitos, processos e de gestão em relação à política de segurança organizacional de documentações e informações internas e de negócios. Isso impõe um alto padrão na proteção com a principal meta de garantir a confidencialidade, integridade e disponibilidade do sistema de gestão de segurança da informação.


Segundo o CEO, esta conquista é um marco que posiciona a empresa como uma referência nas melhores práticas de gerenciamento, no aspecto de segurança das informações. A logtech entra para um seleto grupo formado por apenas 170 organizações em todo o Brasil, de diferentes tamanhos e segmentos, que têm essa certificação. “O fato de sermos uma startup nos impunha um desafio ainda maior, mas o foco em crescer de maneira estruturada e prezando pelo que há de mais moderno na gestão, nos trouxe até aqui. Por isso, ao obter a certificação ISO 27001 a goFlux estende o compromisso com nossos clientes, para os quais a segurança é uma prioridade”, finaliza.


Sobre – Sediada em São Paulo, capital, a goFlux é uma startup que surgiu em 2018 fruto da expertise de fundadores experientes em logística que desenvolveram uma plataforma totalmente digital para cotação, negociação, contratação e gestão de fretes rodoviários. A solução vem revolucionando a forma de contratar fretes e impulsionando a competitividade no segmento de transportes, principalmente do agronegócio. Mais em goflux.com.br, view.goflux.com.br e naconta.goflux.com.br.




Comments


Featured Posts
Archive
Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page