Piccin desenvolve projeto em parceria com alunos de engenharia de produção da EESC

September 5, 2018

Iniciativa permitiu que os estudantes vivenciassem na prática o dia a dia na empresa, fabricante de implementos agrícolas

 

A empresa Piccin Máquinas Agrícolas iniciou no primeiro semestre de 2018 uma importante parceria com a Universidade de São Paulo (USP), na qual estudantes do 4º ano do curso superior de Engenharia de Produção da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), participaram de um projeto denominado Projeto Integrado. A ação faz parte de um novo método de ensino da instituição, o Project Based Learning (PBL), que sustenta a aprendizagem na prática baseada em projetos reais em ambientes corporativos. “O intuito foi encontrar ações de melhorias de movimentações pós pinturana empresa, que foram propostos pela própria Piccin como forma de objeto de estudo e de consolidação do conhecimento adquirido nas disciplinas oferecidas no semestre e que estimulassem os alunos a buscarem conhecimento fora da sala de aula”, explica Dario Leão, técnico de qualidade da Piccin.

 

A atividade na Piccin, conforme esclarece Leão, foi realizada por dois grupos que mantiveram contato com a empresa ao longo dos meses de março a junho de 2018. Eles realizaram visitas técnicas, conversaram com colaboradores, que por sua vez compartilharam experiências, tiraram dúvidas dos processos internos da Piccin e analisaram os procedimentos operacionais da empresa a fim de identificar oportunidades de melhorias. “O desenvolvimento do projeto passou pelas fases de definição do escopo, diagnóstico da situação atual, proposição da situação futura e detalhamento dessa proposição. Em cada uma destas etapas era adicionado o desenvolvimento do trabalho dos alunos em um relatório e a cada avanço uma apresentação era realizada para que os docentes e a empresa pudessem avaliar o projeto dos estudantes”, completa.

 

No caso da Piccin, as equipes focaram no desenvolvimento de projetos envolvendo a melhoria na movimentação do fluxo dos materiais e de pessoas no processo de pós-pintura das peças e na área de qualidade da empresa. “Para nós da Piccin essa ação foi de suma importância, pois as melhorias propostas são de baixo custo e aplicáveis, além de possibilitar a reflexão dos colaboradores em relação ao motivo com os quais eles realizam as operações de certa forma e como é possível melhorá-las”, conclui Dario.

 

 

 

 

 

 

Please reload

Blog

Featured Posts

Com o atraso no plantio da soja, semeadura do milho safrinha precisará ser eficiente

November 19, 2019

1/10
Please reload

Archive
Please reload

Follow Me
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon

Todos os Direitos Reservados - Ruralpress © 2018  

(11) 9.8933-4915 (Vivo)

(19) 9.8320-0286 (Vivo)

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now